Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

Quem sou eu

14 de Agosto de 2012

Você sabe que estamos aonde estamos por minha culpa.
A sua voz não sai da minha cabeça, me perguntando se fez algo que me machucou, ou disse algo que não deveria; se era sua, a culpa de eu não querer te ver.

Não era culpa sua e foi decisão minha, e eu sofro com isso, com tudo que não deu certo, com o dia a dia.

Na verdade, pensando bem, a culpa foi sua (em parte); está certo que eu compliquei um pouco, mas se você realmente quisesse estar perto hoje, você teria decofrado de qualquer jeito.
Eu te encurralei, sei que você não gostou, muito menos do meu jeito. Eu fui rápido demais. Sem paciência para esperar o amanhã, você deve ter se assustado.
Mas, esclarecendo, eu te perguntei uma coisa.
Se você gostava de mim como eu gostava de você, pedi que me falasse; caso contrário, que me deixasse e fingisse que nada nunca aconteceu.
Não sei se você não entendeu o que eu quis dizer, ou se usei palavras que complicaram sua compreenção.

Você não me deixa em paz. Me perturba cada vez que me olha (virei seu tic?); cada vez que passa debaixo do meu nariz. Cada vez que fica perto de mim.

Não adianta, nada aconteceu com a gente; mas seu nome, seu rosto, não saem da minha cabeça. É como se ainda não tivesse acontecido o que era de fato para acontecer.
E o tempo fará com que tudo venha a tona.

Antes, eu tive pressa pra te conhecer; hoje eu tenho pressa pra saber qual vai ser o fim dessa história.
Ou já estamos vivendo-o e não sabemos?
Ou será o começo de tudo?
Somos orgulhosos?
Somos parecidos a ponto de não conseguirmos estarmos juntos?

Está doendo muito. Você está no meu dia a dia, lado a lado; mas mesmo assim eu não te sinto (mais).
E quando eu te vejo, sem você perceber que eu estou por perto, eu te vejo conversando com seus amigos, tranquilo, como se nada o tivesse afetando como me afeta.
E eu me lembro de que você tem uma vida; uma vida onde eu não estou.
Livre.

0 Comentários:

Postar um comentário