Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

Quem sou eu

Até aonde você quer que eu chegue?

Foi de repente que eu te conheci, regando um sentimento de dúvida que eu ainda não sei o que é... Não acredito em amor a primeira vista, quando eu te olhei pela primeira vez havia algo que me fez querer te conhecer, você demonstrou que já sabia quem eu era e isso me intrigou... Talvez fosse esse o inicio dessa obsessão...

Você está, se querer, me fazedo escrava. Comecei a te notar, a querer saber quem você é.
Também comecei a te procurar sempre que pude (sempre que posso), nos lugares que eu sei que você vai estar lá.

Quando não te acho, sinto uma falta, você já faz parte da paisagem; não tê-lo lá é como uma noite sem Lua, fica tudo tão vazio, é triste.

Eu me apeguei tanto a você em tão pouco tempo, sabendo quase nada de você; tenho medo de como vai ser quando isso tudo acabar...

Já tive um gostinho, não foi bom. Meus dias foram misturados pelo gosto azedo e salgado... Queria poder te dizer que não quero te perder no meu dia a dia, mas nem isso posso dizer, você está nele como figurante quando estou querendo te dar o papel de personagem principal!

Eu realmente não sei como lidar com você. Fiz mais do que realmente faço; você pode achar que não é nada, mas para mim é a chegada no limite.

Eu sou assim: Fechada. Calada. Tímida. Reservada. Mas quando fico nervosa, tento esquecer dessas coisas... Eu não vou fazer o que realmente quero fazer; se fizer é confirmado o meu limite, o fundo do poço.

Então as coisas vão continuar as mesmas. Você sendo amigável e nada mais. Eu correndo atrás sem sucesso... A tristeza e angústia misturadas com a parte feliz do meu dia!

0 Comentários:

Postar um comentário