Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

Quem sou eu

Polvilho: Não é o César!

Apesar do título, eu adoro o César Polvilho do "Pânico"; mas eu estou falando de outra coisa...
Amo de paixão biscoitos de polvilho.

De onde eu tirei essa santa criatividade para fazer um post falando de biscoitos de polvilho?

Ah, eu estava comendo agora pouco e conversando com o meu primo (Bady), e quando eu converso com ele sobre alguma coisa, acabo tendo esse senso de criatividade maluca!

Quando eu estava falando que amo os biscoitos de polvilho, a porção que eu tinha já estava no final (faltavam 2 biscoitinhus para acabar!) e eu disse que eu queria mais (ainda estou com vontade, porque eu não quero ir lá pegar e acabar com a minha sobremesa de noite!).

Da primeira vez que eu comi, foi a minha tia que me deu depois de ir fazer compras... Depois, minha mãe viu que eu gostei e foi comprar dessa vez, quando ela foi fazer compras. Mas tem um detalhe, minha mãe não é muito ligada ("Jamanta tá ligado" pra quem sabe, sabe), e não presta atenção na embalagem das coisas (Humphf).

Ela comprou um de sabor queijo (tem sabores / ela declarou que não sabia disso, pensava que só era um: Natural / O jure a declara: Culpada por Distração em Supermercado!). Fala sério, hoje em dia existe de tudo, sabores de tudo quanto é sabor. Daqui a pouco vão estar lançando (que nem em Harry Potter) para bala, sabor cera de ouvido!

O mais impressionante disso tudo, é que eu comi simplesmente um biscoito, o que foi suficiente para meu paladar detectar a diferença (nem tinha olhado a embalagem, quem pegou o biscoito e me serviu foi a minha mãe). Um biscoito e eu sabia que tinha algo de diferente no sabor. Fui conferir a embalagem e estava lá, aquela figura monstruosa de queijo e escrito "Sabor Queijo"...

Como?
Como a minha mãe não reparou aquilo lá?
Fui falar para ela (que estava no banho), que o sabor era de queijo. Ela ficou pasma!
Ela disse "Lica, eu comi um e não senti nada; e olha que eu não gosto nem um pouco de queijo!", "É, para você ver como você não presta atenção na embalagem das coisas; você sempre me falou que quando eu detectava algum sabor estranho na comida ou leite era frescura minha. Está aí a prova de que eu tenho um paladar melhor que o seu. EU DETECTEI DE PRIMEIRA!".

Gosto muito de queijo e falei "Está certo, esse é de queijo dá para comer. Mas ainda sim preferia o sabor natural; mas vou comer!". O de queijo tem um gostinho a mais, mas ainda sim, prefiro "ao la natural" (afe, nem espanhol eu sei falar / se é qie isso é espanhol!)...

0 Comentários:

Postar um comentário