Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

Quem sou eu

Vizinhos

Sabe esses vizinhos chatos, mas chatos mesmos?

Tem as fofoqueiras (Bem, nisso eu não posso reclamar Não sou fofoqueira, na verdade odeio fofoca, mas é que boa parte das mulheres da minha família são e muito; com grau de fofoca e tudo).

Tem os/as barraqueiros/as que sem explicação qualquer um conhece muito bem. (Mulheres revoltadas com os maridos, que 1 da manhã dão um espetáculo; Todo sábado um show de bebum ccccchhhhhaaaattttoooo que fica batendo portões; etc...).

Tem aquelas pessoas que em finais de semana e/ou feriados colocam o som no último volume com as porcarias de músicas que elas escutam (Eu gosto de ouvir música alta, mas não para todo o quarteirão ouvir; ainda Funk, Axé, Pagode Putz, eu já tenho que aguentar os Sertanejos e Forró da minha mãe; já é uma tortura!).

Tem aqueles vizinhos que bem de manhãzinha decidem martelar alguma coisa e faz um barulhão para acordar a rua inteira, e você querendo dormir "bonitinho" e não dá porque o Sr. Barulho quer fazer alguma coisa (Pior de tudo que, se já um bom barulho para quem mora umas duas casas de distância, imagina para quem mora do lado [Meu Caso]).

Apareceu um novo tipo de vizinho; eu pensava que até então eram quietinhos e tudo mais, um barulho aqui, ali, mas nada que pudesse tirar do sério. Até que um dia o cara decide pintar alguma coisa, para alguém. O cheiro não era o de tinta e sim de algum produto forte, muito forte. De começo tinha cheiro de cacau, era até bom, mas quando se agravou... Eu estou com dor de cabeça (No Ormigrein, mesmo) há quatro dias!


Sei que posso não ser uma vizinha expemplar, mas tento não incomodar os outros o máximo possível.

0 Comentários:

Postar um comentário